Anna Karenina

Anna-Karenina-Banner

Eu até pensei que poderia colocar esse filme como um dos meus preferidos, mas não…por que?

Se você está a fim de saber, leia até o fim, se não, pare por aqui, e até o próximo post (mais curto) rs 

Pra quem me conhece, sabe que amo filmes e séries de época. Amo ver aqueles cenários, figurinos e a vida como era nos tempos antigos, tanto que pretendo falar de muitos no blog.

E esse filme, mesmo sendo de época foi feita de uma maneira muito diferente de todos que já vi antes, aliás adorei como montaram o filme.

Sobre o enredo, não sei se foi fiel ao clássico livro Anna Karenina do autor russo Liev Tolstói, eu não o li e nem sei se pretendo mas não gostei nenhum pouco do que vi no filme e já vou explicar, sem me preocupar se você o assistiu ou não, até porque uma coisa é você ler uma resenha, outra é você assistir com seus próprios olhos para tirar suas conclusões.

A estória se passa Rússia, na época do Império Czarista, não sei se os americanos retrataram bem o periodo e o livro devido a rixa que eles tem entre eles, mas vamos focar no filme, a Anna Karenin (atriz Keira Knightley) é uma mulher que tem tudo, riqueza, beleza, marido dedicado, um filho, etc. Como toda mulher dos tempos antigos, casou e teve filho cedo, e sua missão era de ser uma boa esposa, mãe e saber organizar a casa junto com seus criados. E do nada ela se interessa por um militar de alto posto na cavalaria, como ele também por ela, e lá se vai se perder por uma paixão…

No começo, até dei razão, porque as mulheres realmente sofriam muito nos tempos antigos, davam de tudo de si para os filhos e os maridos, e geralmente eram tratadas friamente como se “não fez mais do que sua obrigação”. Porém, a gente só não deve olhar o lado feminino, há o masculino também, existem homens que são mais frios porém sabem amar realmente á sua maneira sem saber demonstrar um certo calor no relacionamento como é o caso do marido (Alexei Karenin), e há homens que são calorosos, mas não são tão profundos no sentimento e na integridade como pessoa, que é o caso do amante (Conde Vronsky).

E após ver esses dois tipos de homem no decorrer do filme, deixei de ficar ao lado dela, e fiquei do lado do marido, pode parecer machismo, mas poxa, o marido (de alto cargo governamental) sabia que tava sendo traído, avisava ela, ela insistia em bancar a criança do tipo “eu faço o que quiser e estou certa em o que estou fazendo” e ele ainda continuava a perdoar, não a tratou mal ou a expulsou quando soube que ela tava grávida do amante e até em ter a criança, mas aí a idiota escolheu até perder de ver o filho que tinha com o marido para viver com o amante, e isso me deixou mais indignada com ela!

Porque? Sei que não sou mãe ainda, mas sempre tive a visão de que uma mulher a partir que é mãe, coloca o filho em primeiro lugar, e não se desvia a ponto de cair de paixonite por um cara que só vai desgraçar sua vida e não oferecer nada em troca, não to dizendo que o amante a queria para um momento de brincadeira, mas para aqueles tempos que amantes e divórcios eram escândalos e com certeza uma sentença final para você se isolar da sociedade, ficava complicado hein!

Se ela apanhasse do marido, fosse traída, abusada sexualmente ou qualquer outra injustiça, tudo bem, mas não, só vendo o filme mesmo para ver o quanto o marido se humilha pela felicidade dela.

Outra questão, quem faz o papel do marido é o ator Jude Law, e o amante é o ator Aaron Johnson, entre Jude Law e Aaron Johnson, prefiro Jude Law, não sei se vocês concordariam comigo rs

E o final de tudo isso, aí não vou contar, mas só concluo que a achei uma desequilibrada e realmente desperdiçou sua vida a troco de nada.

Ah! Acontece a estória de outro casal no filme, mas essa eu não tenho nada a criticar, só assistindo mesmo para saber.

Visual

O filme ganhou esse ano o Oscar de Melhor Figurino graças a designer britânica Jacqueline Durran, não me surpreendeu muito quanto aos outros filmes que sou apaixonada, mas sim, o figurino é muito bonito e fiel aos tempos antigos.

Trailer

Ficha técnica: http://filmow.com/anna-karenina-t38802/
Sie oficial e imagenshttp://www.annakarenina-movie.com/

Quem já assistiu ou quer assistir?

Aguardo suas opiniões!

Deixe seu comentário!

Comentários